Você e 128 pessoas próximas de foram selecionadas.

O Que Devo Saber sobre a Troca de Óleo do Meu Carro?

A troca de óleo do motor é uma prática de manutenção preventiva essencial,
realizada regularmente pelos proprietários de veículos. 

Apesar de parecer um procedimento simples, a troca desse lubrificante desempenha um papel fundamental na preservação do veículo, garantindo um funcionamento suave e prolongando a vida útil do motor.

O óleo desempenha várias funções no motor, incluindo a contribuição para o resfriamento através de sua circulação, a remoção de resíduos por meio da bomba de óleo e do filtro, e, mais crucialmente, a redução do atrito entre as partes móveis por sua ação lubrificante. 

Assim, o óleo do carro é essencial para minimizar o desgaste e garantir consistência em seu funcionamento.

Desconsiderar a importância da troca de óleo pode acarretar consequências graves, como danos às bronzinas, virabrequim, anéis e em todas as partes moveis.

Ao longo do tempo, o óleo perde suas características químicas originais e é contaminado por impurezas resultantes da combustão e resíduos, como limalhas de ferro.

Quando ultrapassa o período recomendado para a troca, o nível do óleo diminui, tornando-se mais espesso e propenso ao entupimento de galerias de lubrificação.

Isso pode resultar em superaquecimento, aumento do consumo de combustível e, por fim, aumento do atrito entre as peças, levando a fusão e travamento do motor.

A recomendação geral é realizar a troca de óleo a cada 5 mil km ou 20 mil km,
dependendo das orientações do fabricante.

É importante destacar que, se o veículo não atingir a quilometragem mínima, o óleo deve ser trocado anualmente.

O regime de utilização do veículo pode interferir no período da realização
dessa revisão.

Por exemplo, um taxista que enfrenta condições desafiadoras,
como trânsito intenso, trocas frequentes de marchas, entre as de baixa velocidade 1ª, 2ª e 3ª e em condições em que o motor aquece muitas vezes,
opera em um regime severo.

Por outro lado, quem roda pouco com o carro, percorre trajetos sem trânsito ou realiza viagens impõe um regime mais leve ao veículo.

Portanto, em casos de utilização em regimes mais severos, a troca de óleo deve ocorrer em intervalos menores, devido ao maior número de rotações do motor e à degradação acelerada do óleo.

Além da consciência e pontualidade dos proprietários na troca de óleo, a preocupação ao confiar essa tarefa a terceiros exige uma atenção extra.

Guia Completo: Cuidados e Manutenção da Bateria do Carro para Garantir o Funcionamento Perfeito
Guia Completo: Cuidados e Manutenção da Bateria do Carro para Garantir o Funcionamento Perfeito

Ao contratar os serviços de um mecânico, é essencial observar:

1. Se o óleo utilizado é novo, atende às especificações do fabricante para o
modelo, é de uma marca reconhecida e de qualidade, e está na quantidade correta;

2. Se o filtro de óleo está sendo substituído também e se é original da marca;

3. Se o anel de vedação do bujão de dreno do cárter (parafuso localizado
abaixo do cárter do motor, que ao ser removido esgota o óleo antigo) será substituído também;

4. Se o aperto do bujão do cárter não foi insuficiente a ponto de causar vazamento de óleo, e não foi excessivo a ponto de danificar a rosca do
bujão ou do cárter;

5. Se o mecânico examinou possíveis vazamentos de óleo pelo cabeçote, cárter, retentores ou outras vedantes do motor.

Em conclusão, a troca regular de óleo do motor é uma prática de manutenção preventiva crucial para garantir o desempenho e a longevidade do veículo.

O óleo desempenha diversas funções vitais, desde a lubrificação das peças móveis até o resfriamento e remoção de resíduos.

Desconsiderar essa prática pode resultar em danos sérios ao motor, levando a superaquecimento, aumento do consumo de combustível e até mesmo ao travamento do motor.

A recomendação geral de troca a cada 5 mil km ou 20 mil km, conforme as orientações do fabricante, deve ser seguida rigorosamente.

No entanto, o regime de utilização do veículo, seja em condições severas ou leves, pode influenciar a frequência da troca.

Ao confiar a troca de óleo a profissionais, é essencial verificar a qualidade do óleo utilizado, a substituição do filtro de óleo, a atenção aos detalhes na substituição do anel de vedação do bujão de dreno, o aperto adequado do bujão do cárter e a verificação de possíveis vazamentos.

Esses cuidados asseguram não apenas a eficácia da troca de óleo, mas também a saúde geral do motor.

Portanto, a conscientização e a pontualidade dos proprietários, aliadas à atenção aos detalhes ao contratar serviços mecânicos, são fundamentais para preservar a integridade do veículo e garantir um desempenho confiável a longo prazo.

Investir na manutenção adequada do sistema de lubrificação é um passo crucial para assegurar uma jornada automotiva suave e livre de problemas.