Você e 128 pessoas próximas de foram selecionadas.

O que é Ignição por Comando de Vela?

A ignição por comando de vela é um sistema utilizado em motores de combustão interna para iniciar a combustão da mistura ar-combustível dentro da câmara de combustão. É um processo fundamental para o funcionamento adequado do motor, pois é responsável por gerar a faísca que inflama a mistura e gera a explosão necessária para impulsionar o pistão.

Como funciona a Ignição por Comando de Vela?

O sistema de ignição por comando de vela é composto por diferentes componentes que trabalham em conjunto para gerar a faísca necessária. O principal componente é a vela de ignição, que é responsável por criar a faísca elétrica. Além disso, o sistema também inclui a bobina de ignição, o distribuidor, o rotor e os cabos de vela.

Componentes da Ignição por Comando de Vela

1. Vela de Ignição: A vela de ignição é uma peça fundamental no sistema de ignição por comando de vela. Ela é responsável por criar a faísca elétrica que inflama a mistura ar-combustível dentro da câmara de combustão. A vela é composta por um eletrodo central, um isolador e um eletrodo de massa.

2. Bobina de Ignição: A bobina de ignição é responsável por amplificar a tensão da bateria para gerar a faísca necessária para a ignição. Ela recebe a corrente elétrica da bateria e a transforma em uma alta tensão, que é enviada para a vela de ignição.

3. Distribuidor: O distribuidor é responsável por distribuir a corrente elétrica gerada pela bobina de ignição para cada vela de ignição. Ele possui um rotor que gira e faz contato com os terminais do distribuidor, enviando a corrente elétrica para a vela correta no momento certo.

4. Rotor: O rotor é uma peça que gira dentro do distribuidor e faz contato com os terminais, permitindo a distribuição da corrente elétrica para as velas de ignição. Ele é acionado pelo eixo do motor e gira em sincronia com o movimento dos pistões.

5. Cabos de Vela: Os cabos de vela são responsáveis por conduzir a corrente elétrica gerada pela bobina de ignição até as velas de ignição. Eles são isolados para evitar curtos-circuitos e são conectados aos terminais do distribuidor e às velas de ignição.

Processo de Ignição por Comando de Vela

O processo de ignição por comando de vela ocorre em diferentes etapas, garantindo que a faísca seja gerada no momento certo e no cilindro correto. O processo é o seguinte:

1. Compressão: Durante o curso de compressão do pistão, a mistura ar-combustível é comprimida dentro da câmara de combustão. Nesse momento, a vela de ignição está desligada e não há faísca.

2. Faísca: No momento certo, a bobina de ignição gera uma alta tensão e envia a corrente elétrica para o distribuidor. O rotor do distribuidor gira e faz contato com os terminais, enviando a corrente elétrica para a vela de ignição correta. A vela cria a faísca elétrica, inflamando a mistura ar-combustível.

3. Explosão: A faísca gerada pela vela de ignição provoca a explosão da mistura ar-combustível dentro da câmara de combustão. Essa explosão gera uma pressão que impulsiona o pistão para baixo, gerando o movimento necessário para o funcionamento do motor.

4. Escape: Após a explosão, os gases resultantes da combustão são expelidos pela válvula de escape, preparando o motor para o próximo ciclo.

Vantagens da Ignição por Comando de Vela

A ignição por comando de vela oferece algumas vantagens em relação a outros sistemas de ignição. Algumas delas são:

1. Eficiência: A ignição por comando de vela é um sistema eficiente, capaz de gerar a faísca necessária para a ignição de forma precisa e no momento certo.

2. Controle: O sistema de ignição por comando de vela permite um controle preciso da ignição, garantindo que a faísca seja gerada no cilindro correto e no momento adequado.

3. Durabilidade: Os componentes da ignição por comando de vela são projetados para serem duráveis e resistirem às condições adversas do motor, garantindo um funcionamento confiável por um longo período de tempo.

4. Manutenção: A manutenção do sistema de ignição por comando de vela é relativamente simples, envolvendo a substituição periódica das velas de ignição e a verificação dos cabos e componentes relacionados.

Conclusão

A ignição por comando de vela é um sistema essencial para o funcionamento adequado de motores de combustão interna. Composto por diferentes componentes, como a vela de ignição, a bobina de ignição, o distribuidor, o rotor e os cabos de vela, o sistema permite a geração da faísca necessária para a ignição da mistura ar-combustível. Além disso, oferece vantagens como eficiência, controle, durabilidade e facilidade de manutenção. É importante realizar a manutenção adequada do sistema de ignição por comando de vela para garantir o bom funcionamento do motor e evitar problemas futuros.